AUTO DA CABRA – INTERPRTAÇÃO

( Carlos Drummond de Andrade)

Madrugada. O hospital , como o Rio de Janeiro, dorme. O porteiro vê diante de si uma cabrinha malhada, e pensa que está sonhando.

___ Bom palpite. Veio mesmo na hora. Ando com tanta prestação atrasada, meu Deus.

A cabra olha-o fixamente:

___ Está bem, filhinha. Agora pode ir passear. Depois você volta , sim?

Ela não se mexe ,séria.

___ Vai , cabrinha, vai. Seja camarada. Preciso sonhar outras coisas. É a única hora em que sou dono de tudo, entende?

O animal chega-se mais perto dele, roça-lhe o braço. Sentindo-lhe o cheiro, o homem percebe que é de verdade, e recua.

___ Essa, não ! O que é que você veio fazer aqui, criatura? Dê o fora, vamos .

Repele-a com um gesto manso , porém a cabra não se move, encarando-o sempre.

___ Aiaiai! Bonito.Desculpe, mas a senhora tem de sair com urgência, isto aqui é um estabelecimento público. ( Achando pouco convincente a razão.)Bem, se é público devia ser para todos , mas você compreende….( Empurra-a docemente para fora, e volta à cadeira.)

___ O quê? Voltou? Mas isso é hora de me visitar , filha? Está sem sono? Que é que há? Gosto muito de criação, mas aqui no hospital, antes do dia clarear……( Acaricia-lhe o pescoço.) Que é isso! Você está molhada? Essa coisa pegajosa….O quê; sangue?!?! Por que não me disse logo cabrinha de Deus? Por que ficou olhando assim feito boba? Tem razão : eu é que não entendi, devia ter sacado logo. E como vai ser? Os doutores daqui são um estouro, mas cabra é diferente, não sei se eles topam. Sabe de uma coisa ? Eu mesmo vou te operar!!!

Corre à sala de cirurgia, toma um bisturi, uma pinça : à farmácia pega mercúrio-cromo, sulfa e gaze; e num canto do hospital , ajudado por dois serventes , enquanto o dia vai nascendo , extrai do pescoço da cabra uma bala de calibre 22, ali cravada quando o bichinho, ignorando os costumes cariocas da noite , passara perto de uns homens que conversavam à porta de um bar .

O animal deixa-se operar com a maior serenidade. Seus olhos envolvem o porteiro numa carícia agradecida.

___ Marcolina. Dou-lhe este nome em lembrança de uma cabra que tive quando garoto, no Icó. Está satisfeita , Marcolina?

__ Muito, Francisco.

Sem reparar que a cabra aceitara o diálogo, e sabia seu nome, Francisco continuou:

___ Como você teve a idéia de vir ao Miguel Couto? O Hospital Veterinário é na Lapa.

___ Eu sei, Francisco. Mas você não trabalha na Lapa, trabalha no Miguel Couto.

___ E daí?

___ Daí, preferi ficar por aqui mesmo e me entregar a seus cuidados.

___ Você me conhecia?

___ Não posso explicar mais do que isso, Francisco.As cabras não sabem muito dessas coisas. Sei que estou bem ao seu lado, que você me salvou. Obrigada , Francisco.

E lambendo-lhe afetuosamente a mão fechou os olhos para dormir; bem que precisava.

Aí Francisco levou um susto, saltou para o lado:

___ Que negócio é este???cabra falando? Nunca vi coisa igual na minha vida. E logo comigo, meu pai do céu!!!

A cabra descerrou um olho sonolento , e por cima das barbas parecia esboçar um sorriso:

___ Mas você não se chama Francisco, não tem nome do santo que mais gostava dos animais neste mundo?Que tem isso, trocar umas palavrinhas com você? Olhe, amanhã vou pedir ao Ariano Suassuna que escreva um auto de cabra, em que você vai para o céu, ouviu?

 

VOCABULÁRIO:

Auto = homenagem , dedicatória                                                     Icó= cidade do Ceará

Repelir= tocar, ignorar, mandar embora                                       Miguel Couto = nome de um hospital do Rio de Janeiro.

 

PARTE I – TESTES

(ASSINALE A  ÚNICA RESPOSTA CORRETA  EM CADA QUESTÃO.)

 

1.”___ Bom palpite. Veio mesmo na hora. Ando com tanta prestação atrasada, meu Deus.” O palpite era de que:

a) uma  cabra viria vê-lo                                                          d) ganharia , se jogasse no “ bicho”.

b) poderia vender a cabra e pagar as prestações .                    e) iria para o céu por tratar bem os animais.

c) ficando com a cabra economizaria o dinheiro do leite.

 

2.O porteiro do hospital:

  1. percebeu imediatamente que a cabra precisava de ajuda.

b)sonhou que uma cabra tinha aparecido, mas não era verdade.

c)só acreditou que a cabra estava ali porque conversou com ela.

d)tratou o animal como se fosse uma aparição do céu.

e)no começo , não sabia se o aparecimento da cabra era real ou imaginário.

 

3. “ É a única hora em que sou dono de tudo, entende?” Essa frase sugere que :

a) no sonho, Francisco se esquece da pobreza e se considera dono de tudo.

b) por ser a única pessoa acordada ali, ninguém mandava nele e , por isso, fazia o que queria.

c) por ser porteiro noturno, quem mandava no hospital àquela hora era ele.

d) por ser pessoa simples e de bom coração , não sentia falta de nada e achava que possuía tudo.

e) Francisco não era ambicioso.

 

4. “…isto aqui é um estabelecimento público.( Achando pouco convincente a razão)”. A observação entre parênteses sugere que:

a) em “estabelecimento público” ninguém pode entrar.

b) o termo “estabelecimento público” é, às vezes, mal empregado , porque nem todos podem entrar.

c) somente animais são impedidos de entrar em “estabelecimento público”.

d)  animais não são impedidos de entrar em estabelecimentos públicos.

e) “ estabelecimento público” é um lugar que qualquer pessoa pode entrar.

 

5. Assinale a afirmativa VERDADEIRA  em relação ao texto:

a) a cabra foi operada pelos médicos do hospital.

b) o porteiro deu o nome à cabra de Marcolina em homenagem à sua mãe.

c) o porteiro pôs a cabra fora do hospital com violência.

d) o porteiro operou a cabra com a ajuda de dois serventes.

e) o porteiro operou a cabra na sala de cirurgia do hospital.

 

6. A cabra foi ao Miguel Couto e não ao Hospital Veterinário porque:

a)O Hospital veterinário ficava longe demais e ela não sabia o caminho.

b)A cabra não sabia a diferença entre o hospital de gente e de bicho.

c) queria ser tratada por Francisco que trabalhava no Miguel Couto e não no Hospital Veterinário.

d) teve medo de morrer antes de chegar ao Hospital Veterinário.

e) não sabia que veterinários tratam de animais.

 

7. O nome que Francisco deu à cabra se deve :

a) à saudade da terra natal.                                                                d) ao acaso, não lhe veio outro nome à mente.

b) ao seu sentimento religioso.                                                          e) por ser nome de sua filha .

c) ao mesmo nome que sua mãe tinha.

 

8. “ Vai, cabrinha, vai.” A repetição do verbo indica:

a) fala de pessoas de pouca cultura.                                                              d) irritação diante da teimosia.

b) insistência num pedido.                                                                            e) tentativa de esconder a cabra.

c) ordem que não se discute.

9. Em “ Madrugada. O hospital, como o Rio de Janeiro, dorme.” . temos , respectivamente,as seguintes figuras :

a)  metáfora                                               d) prosopopéia

b) pleonasmo                                             e) hipérbole

c) eufemismo

10.O nome do santo que mais gostava dos animais neste mundo é :

 

a) São Francisco de Paula                                d) São Francisco de Sales

b) São Francisco Xavier                                   e) São Francisco de Assis

c) São Francisco de Jesus

 

NÃO RASURE ,POIS A QUESTÃO RASURADA SERÁ ANULADA .

 
PARTE II- QUESTÕES DISCURSIVAS

1.Em “ Que tem isso, trocar umas palavrinhas com você?”Neste caso, não cabe o valor exato de diminutivo ( = palavras pequenas). Qual é , então, o significado da palavra grifada?
_________________________________________________________________________________
2. “ Corre à sala de cirurgia, toma um bisturi, uma pinça ; à farmácia , pega mercúrio-cromo, sulfa e gaze….” . Que verbo está elíptico antes da expressão “ à farmácia”? E  que idéia  esse verbo pode sugerir?
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________

3. Francisco resolveu , por sua conta operar a cabra.Levando em consideração , que ele não era veterinário e usou material que deveria ser usado para doentes, você julga que ele agiu corretamente ? Por quê?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
4. Reescreva as frases destacadas do texto , na linguagem culta.
a) “…devia ter sacado logo.”
___________________________________________________________________________________
b) “Os doutores aqui são um estouro.”
___________________________________________________________________________________

“ A grandeza de um país não depende da extensão de seu território, mas do caráter de seu povo.” ( Golbert)

 

PNEU FURADO

(Luís Fernando Veríssimo)

 

O carro estava encostado no meio-fio, com um pneu furado. De pé, ao lado do carro, olhando desconsoladamente para o pneu, uma moça muito bonitinha. Tão bonitinha que atrás parou outro carro e dele desceu um homem dizendo: “Pode deixar”. Ele trocaria o pneu.

– Você tem macaco? – perguntou o homem.

– Não – respondeu a moça.

– Tudo bem, eu tenho – disse o homem. – Você tem estepe?

– Não – disse a moça.

– Vamos usar o meu – disse o homem.

E pôs-se a trabalhar, trocando o pneu, sob o olhar da moça. Terminou no momento em que chegava o ônibus que a moça estava esperando. Ele ficou ali, suando, de boca aberta, vendo o ônibus se afastar. Dali a pouco chegou o dono do carro.

– Puxa, você trocou o pneu pra mim. Muito obrigado.

– É. Eu … Eu não posso ver pneu furado. Tenho que trocar.

– Coisa estranha.

– É uma compulsão. Sei lá.

  1. Qual o equívoco (engano) que se percebe na crônica Pneu furado?

________________________________________________________

2) Por que você acha que o homem quis trocar o pneu do carro, sem que ninguém lhe pedisse ajuda?

 

3) Alguns enganos como este podem acontecer conosco. Pense nesta crônica do Luiz Fernando Veríssimo e escreva algum acontecimento engraçado que aconteceu com você ou com alguém que você conhece.

 

_____________________________________________________________________

 

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

TEXTO: O HOMEM  E AS ISCAS          ( Millôr Fernandes)

Um homem tinha uma fazenda perto de um rio. Certo dia o rio começou a subir e ele percebeu que a sua fazenda ia ficar submersa.
Transferiu toda sua família e todo seu gado e todos os seus utensílios e móveis para o alto da montanha mais próxima.
Havia, na sua fazenda, exatamente 284 quilômetros de cerca de arame farpado.Era um arame de sete farpas por metro, num total de sete mil farpas por quilômetro e, portanto, toda a cerca somava 1.988.000 farpas.
O homem arranjou um empregado e , sem comer nem dormir, colocou em cada uma dessas farpas um pedacinho de carne, uma isca qualquer. Quando terminou, ele e o empregado mal tiveram de subir à montanha. Veio o dilúvio.
Durante noventa e três horas choveu ininterruptamente.Durante noventa e seis horas o rio esteve três metros acima da cerca.Mas logo as águas cederam e rapidamente o rio voltou ao normal.
O homem desceu e examinou a cerca.Encontrou, maravilhado, um peixe pendente de cada farpa, exceto três.Ou seja, um total de 1.987.997 peixes. Havia tainhas, e havia robalos, cornas, namorados, galos e muitas espécies que ele nunca vira.
Cada peixe pesava , em média, duzentos e cinqüenta gramas, de modo que o homem tinha um total de 496.999.250 gramas de peixe fresco, ou seja, 496.999 quilos de peixe.Isso tudo, vendido a 10 cruzeiros o quilo, vocês façam a conta e …
Ah, naturalmente o empregado foi despedido porque colocou mal as iscas nas três farpas que falharam…….

INTERPRETAÇÃO DO TEXTO

  1. Na frase: “ Transferiu toda sua família e todo seu gado…para o alto da montanha…”, o verbo transferir

 

tem o mesmo significado na seguinte frase:

    1. João transferiu a viagem para o mês seguinte.
    2. Maria vai transferir sua passagem de avião para o ano que vem.
    3. O empresário transferiu a fábrica para São Paulo.
    4. A professora transferiu o dia da prova .

 

  1. Em “ Veio o dilúvio” , a palavra dilúvio significa .
    1. a inundação universal de que fala a bíblia.                            c)chuva  e garoa
    2. uma enchente de grandes proporções.                                   d) grande quantidade de qualquer coisa

 

  1. Em qual das frases seguintes a palavra dilúvio não está no sentido figurado?
    1. Noé construiu uma grande barca, que o salvou do dilúvio.
    2. Hoje temos um dilúvio de perguntas para fazer .
    3. No mundo de hoje, vivemos num dilúvio de palavras e imagens.
    4. No período das eleições, houve um dilúvio de cartazes e faixas pelas ruas.
  2. A história narrada por Millôr Fernandes refere-se a um fato:

 

a) real                             b) histórico                               c) fictício             d) científico

  1. Ao transferir sua família e seus pertences para o alto da montanha , o fazendeiro mostrou ser um homem:

 

a) prevenido                b) ambicioso                           c) precipitado                      d) medroso

  1. Assinale a alternativa que apresenta uma afirmação verdadeira a respeito do texto.
    1. O fazendeiro sozinho , sem comer nem dormir, colocou em cada farpa um pedacinho de carne.
    2. O fazendeiro  teve tempo de terminar seu trabalho  antes que o dilúvio  caísse.
    3. O fazendeiro transferiu apenas sua família para o alto da montanha.
    4. Em todas as farpas havia um peixe dependurado.

7.Durante noventa e seis horas o rio esteve três metros acima da cerca. Isso significa que a enchente durou
a) dois dias                    b) três dias                        c) quatro dias                 d) cinco dias

8.”Cada peixe pesava, em média, duzentos e cinqüenta grama……..”. Podemos afirmar que 250 gramas corresponde a :
a) metade de um quilo                                             c) um quinto de um quilo
b) dois quartos de um quilo                                     d) um quarto de um quilo

9.Se um quilômetro tem 1000 metros , 284 quilômetros de cerca de arame farpado tem

a) 28.400 metros                                                    c) 2.840 metros
b) 284.000 metros                                                      d) 2.840.000 metros

10. O fazendeiro conseguiu juntar 496.999 quilos de peixe , se ele vendesse a R$10,00 o quilo ganharia
a) R$ 4.969.990,00                                                   c) R$ 49.699,90
b) R$ 496.999,00                                                      d) R$ 4.969,99

11. Assinale a alternativa verdadeira  em relação ao texto lido.
a) O fazendeiro não  tirou proveito da enchente ocorrida na sua fazenda.
b) Choveu sem parar durante 76 horas seguidas.
c)  O fazendeiro despediu o empregado porque a chuva parou e não precisava mais do empregado.
d)  Podemos dizer que o fazendeiro foi injusto ao despedir seu empregado.

12. Assinale a frase em que o uso de MAL / MAU foi usado incorretamente.

  1. Mal tiveram tempo de subir a montanha.
  2. O empregado colocou mal as iscas nas farpas.
  3. O patrão estava de mal humor

d)   Durante muitas horas fez um mau tempo na fazenda.

13. Numere corretamente o vocábulo ao seu significado e assinale a alternativa que completa  , na ordem, a resposta  .

(      ) submerso                                ( 1 ) suspenso, pendurado
(      ) ininterrupto                            ( 2 ) encantado, admirado
(      ) maravilhado                           ( 3 ) dispensado, despachado
(      ) pendente                                ( 4 ) contínuo, incessante
(      ) despedido                              ( 5 ) afundado, inundado

a)  5-3-4-3-1          b) 4-5-2-3-1              c) 3-5-2-1-4                  d) 5-4-2-1-3

 

DESMATAMENTO: PREJUÍZO PARA TODOS OS SERES VIVOS

Observe o desenho abaixo. Muitas florestas acabam dessa maneira.

Quando muitas árvores são derrubadas, o solo fica desprotegido. As plantas não nascem mais e com isso os animais que se alimentam de vegetais morrem.

Agora, segundo o que você aprendeu responda:

– O que é o desmatamento?

____________________________________________________________________

– Quando o homem desmata a floresta ele está prejudicando a natureza? Explique por quê?

____________________________________________________________

 

Muitas são as causas do desmatamento.

Algumas vezes são feitas para aumentar os campos de pastagens do gado.

Outras vezes, para aumentar os campos para plantação.

E, muitas vezes ainda para retirar a madeira, a fim de usá-la na confecção de móveis e em construções.

 

– Escreva uma frase em defesa da natureza.

DESMATAMENTO: É a derrubada de grande número der árvores.

EROSÃO: São buracos que aparecem no solo, quando a terra sem suas árvores começa a ceder sob a chuva e os ventos.

 

VAMOS REFLETIR?!

– Por que a erosão vem logo após o desmatamento?

____________________________________________________

  • Complete:

A) Todos os animais precisam das plantas porque :__________________________

_________________________________________________________________.

B) Preservar a natureza é importante porque:______________________________

_________________________________________________________________.

  • Cole no espaço abaixo uma gravura mostrando uma floresta ou mata que o homem não destruiu.
APRENDEMOS QUE:
Os animais precisam dos vegetais que lhe dão abrigo e alimento.

O desmatamento é a derrubada de grande número de árvores.

Muitas são as causas do desmatamento. As principais são: aumento de espaço para pastagens do gado; corte de árvores para a construção de casas e de móveis; aumento de campos para a plantação.

Com o desmatamento o solo fica pobre, os animais morrem e com isso vem  a erosão.

As erosões são feridas que aparecem na terá desprotegida, provocadas pela chuva e pelos ventos.

 

REFLORESTAMENTO: UMA ESPERANÇA PARA A NATUREZA

Muitas pessoas falam em reflorestamento e em combater a poluição, porém não fazem a sua parte.

  • Jogam lixo nas ruas, nos rios, etc.;
  • Fazem queimadas nas plantações;
  • Matam animais, sem necessidade;
  • Poluem o ar e a água com inseticidas; agrotóxicos etc.;

TODOS NÓS PODEMOS E DEVEMOS PRESERVAR A NATUREZA!

Responda:

a) Em sua cidade, existe algum lugar cheio de árvores, onde todos passeiam? Como se chama esse lugar?
___________________________________________

Os seres vivos necessitam respirar ar puro para viver.

b) As árvores:
(   ) poluem o ar.
(   ) purificam o ar.

c) Escreva o nome de uma Floresta brasileira que está sendo destruída.
___________________________________________________________

d) Escreva uma sugestão para salvar nossas florestas da destruição.

Curiosidade: No dia 22 de abril, comemora-se o “Dia do Planeta Terra”.

A Terra é o planeta em que vivemos.
Precisamos preservá-la. Cuidar para que não sejam destruídas suas matas, seus animais, o céu, o ar, a água. Somos parte de tudo isso.

APRENDEMOS QUE:
O Reflorestamento é o replantio das árvores que foram cortadas.
Com o reflorestamento, os animais que foram embora acabam retornando assim a vida, aos poucos, vai voltando ao lugar.
Todos nós podemos e devemos ajudar a natureza, pois fazemos parte dela.
Se destruirmos o planeta, destruiremos nossa própria casa.

ALIMENTAÇÃO E CRESCIMENTO SADIO

 

Ao nascer o principal alimento que um bebê precisa é o leite.

Com o desenvolvimento, a criança já toma, além do leite, papinhas, sopas e sucos.

Na idade escolar, quando já estão mais crescidas, precisa de uma boa alimentação, praticar esportes, dormir bem, para que cresça forte e feliz.

Nessa idade gasta muita energia nas brincadeiras, nos estudos, nos esportes e é no alimento que se encontra essa energia.

Criança subnutrida não consegue estudar, brincar, ser alegre.

A água também é um alimento. Devemos bebê-la sempre!

A transformação dos alimentos dentro do nosso corpo chama-se digestão. A boca, o estomago e o intestino delgado são órgãos do sistema digestório responsáveis por essa transformação.

Quando uma pessoa mastiga bem a comida, a digestão é facilitada. Além de o alimento ficar bem picadinho, ele é misturado com a saliva. Isso ajuda a engolir e também promove o inicio da digestão de alguns alimentos.

A digestão continua no estômago e no intestino delgado. O alimento é transformado em partículas bem pequenas – os nutrientes – que podem passar para o sangue e nutrir todo o corpo.
Desenhe no quadro abaixo:

ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL

Responda:
a) A água também é um alimento? Por que devemos ferver ou filtrar a água antes de beber?
__________________________________________________
b) O sal também é um alimento. Escreva o nome de alguns alimentos em que usamos o sal para prepará-los:
_______________________ _____________________________
_______________________ _____________________________
_______________________ _____________________________

A ÁGUA E O SAL SÃO ALIMENTOS DE ORIGEM MINERAL.

 

  • Complete as frases:

 

  • A digestão dos alimentos começa na ________________. Na mastigação, o alimento é partido em _________________________menores e misturado com a saliva. Assim, a comida é digerida mais facilmente.
  • Em que consiste a digestão dos alimentos?

 

__________________________________________

  • Em que órgãos se realizam a digestão?

 

_________________________________________________

  • Como fica o alimento para poder passar para o sangue?

 

__________________________________________________________________

  • Por que a saliva facilita a digestão?

 

___________________________________________________________

  • Enumere duas ações higiênicas importantes para uma boa alimentação:
    1. ________________________________________
    2. ________________________________________
  • Faça uma ilustração do caminho percorrido pelos alimentos:

    A ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA MANTÉM A SAUDE
    Uma boa alimentação precisa ser variada, porque cada alimento tem uma função em nosso organismo.

    As vitaminas são encontradas nas verduras, nas hortaliças. Elas defendem nosso organismo das doenças.

    As carnes, os ovos, o leite e seus derivados possuem proteínas. As proteínas nos ajudam a crescer. Os ossos e os dentes ficam fortes com esses alimentos.

    Existem ainda os alimentos que fornecem energia ao corpo, repondo o que é gasto nas atividades diárias. São exemplos: pães, massas, açúcar, gorduras.

    • Coloque V para alimentos que fornecem vitaminas; E para alimentos que fornecem energia e P para alimentos que fornecem proteína.

    (   ) leite (   ) doces

    (   )alface (   )maçã

    (   )peixe (   )chocolate

    (   )salsicha (   )pão

    (   )arroz (   )carne

    (   )bife (   )cenoura