Texto meu guri para interpretação

abraço

Língua Portuguesa

Texto

O Meu Guri

Chico Buarque

Quando, seu moço, nasceu meu rebento

Não era o momento dele rebentar

Já foi nascendo com cara de fome

E eu não tinha nem nome pra lhe dar

Como fui levando, não sei lhe explicar

Fui assim levando ele a me levar

E na sua meninice ele um dia me disse

Que chegava lá

Olha aí

Olha aí

Olha aí, ai o meu guri, olha aí

Olha aí, é o meu guri

E ele chega

Chega suado e veloz do batente

E traz sempre um presente pra me encabular

Tanta corrente de ouro, seu moço

Que haja pescoço pra enfiar

Me trouxe uma bolsa já com tudo dentro

Chave, caderneta, terço e patuá

Um lenço e uma penca de documentos

Pra finalmente eu me identificar, olha aí

Olha aí, ai o meu guri, olha aí

Olha aí, é o meu guri

E ele chega

Chega no morro com o carregamento

Pulseira, cimento, relógio, pneu, gravador

Rezo até ele chegar cá no alto

Essa onda de assaltos tá um horror

Eu consolo ele, ele me consola

Boto ele no colo pra ele me ninar

De repente acordo, olho pro lado

E o danado já foi trabalhar, olha aí

Olha aí, ai o meu guri, olha aí

Olha aí, é o meu guri

E ele chega

Chega estampado, manchete, retrato

Com venda nos olhos, legenda e as iniciais

Eu não entendo essa gente, seu moço

Fazendo alvoroço demais

O guri no mato, acho que tá rindo

Acho que tá lindo de papo pro ar

Desde o começo, eu não disse, seu moço

Ele disse que chegava lá

Olha aí, olha aí

Olha aí, ai o meu guri, olha aí

Olha aí, é o meu guri

Vocabulário

guri:menino, garoto, criança

rebento:1. broto de uma flor; 2. resultado, produto, fruto; 3. filho

batente:trabalho de onde se tira o sustento; ganha-pão

encabular:tornar(-se) retraído, envergonhado, acanhado

patuá:espécie de amuleto para se livrar de malefícios

alvoroço:agitação, perturbação

Interpretação do Texto

  1. No texto música “O meu guri”, observamos a fala:

 

“Quando, seu moço, nasceu meu rebento…”

 

A. Quem seria o “seu moço” com quem o eu lírico “conversa”?

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

B. Quais são as pistas presentes no texto que o levaram a essa conclusão?

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2. Qual sentimento se pode perceber através dos versos abaixo?

“Como fui levando não sei lhe explicar                                                                   Fui assim levando ele a me levar”

“Eu consolo ele, ele me consola”

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3. O que significa a expressão “disse que chegava lá”?

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4. Percebe-se, pelo início do texto, que o guri e sua mãe são pobres a ponto de não terem nem o que comer.

Com o desenrolar dos fatos, encontramos o guri presenteando sua mãe:

 

“Chega suado e veloz do batente

E traz sempre um presente pra me encabular

Tanta corrente de ouro, seu moço

Que haja pescoço pra enfiar”

 

Como isso se tornou possível?

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Também se percebe a total ignorância da mãe em relação às atividades realizadas pelo filho.

Indique uma passagem do texto em que essa ignorância dos fatos fique clara.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4A. Qual o desfecho trágico para “o guri” do texto?

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4B. O que poderia ter provocado esse desfecho para a vida do guri?

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5. Identifique as figuras de linguagem.

Observação: As figuras de linguagem abaixo, subdividem-se em dois grupos:

Figuras de palavras:comparação, metáfora, catacrese, metonímia, sinestesia e perífrase (ou antonomásia).

 

Figuras de pensamento:antítese, apóstrofe, eufemismo, gradação, hipérbole, ironia, paradoxo e prosopopeia (ou personificação).

a. “Quando, seu moço, nasceu meu rebento”

______________________________________

b. Para se viver, há de se sentir a morte.

______________________________________

c. Os doces carinhos da mãe seriam suficientes para consolar o filho?

______________________________________

d. “O tempo acaba o ano, o mês e a hora…” (Camões)

______________________________________

e. No fim da conversa, a mulher voltou aos pedaços para casa.

______________________________________

f. Peça a Deus que não encurte teus anos para que possa ultrapassar a juventude.

______________________________________

g. “Devolva o Neruda que você me tomou e nunca leu.”(Chico Buarque e Francis Hime)

______________________________________

h. Sob o pé da mesa estava o jornal.

______________________________________

i. “Rios te correrão dos olhos, se chorares…” (Olavo Bilac)

______________________________________

j. O guri permaneceu sentado, educadamente, enquanto a velha senhora tentava equilibrar-se no veículo em movimento.

______________________________________

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s